Download!Download Point responsive WP Theme for FREE!

5 Dicas para o Recorte e Fixação de Placas de Gesso Acartonado

Montar placas de gesso acartonado pode ser rápido e fácil. Uma vez dominada a técnica e os detalhes do sistema os resultados serão evidentes.

Nesse artigo abordamos o processo de corte e fixação das placas de gesso, com valiosas dicas para um serviço eficiente e de qualidade.

  1. Escolha da chapa:
  • Em locais sujeitos à umidade, como banheiro e parede da pia da cozinha, utilize placas tipo RU (Resistente à Umidade).
  • Em áreas sem umidade utilize chapas ST (padrão).
  • As chapas RF (Resistente ao Fogo) são utilizadas apenas em situações específicas, como por exemplo, paredes de saídas de emergência de edifícios.
  • Consulte nosso artigo sobre gesso acartonado.
  1. Recorte de placas:
  • Repartir as placas:
    • Com auxilio de régua, corte um lado da placa com estilete.
    • Faça a dobra “fechando” o lado que não foi cortado. Dê um “golpe” para dobrar, aproveitando-se da fragilidade do gesso.
    • Corte o papel cartão remanescente.
    • Dê acabamento com plaina e lixa.

cortar placa 01-U.S. Army Corps..

  • Fazer corte de detalhes:
    • Use serrote para corte de pedaços.
    • Para fazer furos utilize serra copo.

Separamos esse vídeo que mostra o processo de corte convencional e apresenta uma nova ferramenta Blade Runner. Pode ser uma ferramenta interessante para quem trabalha na área.

  1. Posicionamento das Placas
  • Siga a paginação descrita no projeto.
  • Evite cortes de placas que resultem em tiras muito finas (menos de 5cm).
  • A face da chapa com rebaixo deve ficar voltada para o lado externo.
  • Execute as juntas entre placas com no máximo 3 mm.
  1. Aparafusamento:
  • Utilize parafusos específicos: Auto perfurantes ou autobrocantes (ponta broca) e autoatarraxantes (ponta agulha), zincados ou fosfatizados. Isso evita problemas posteriores de fixação e corrosão.

Abaixo temos um material explicativo da Knauf sobre os tipos de parafusos e usos:

DETALHES TECNICOS

Ela também fornece uma tabela para auxilio na escolha dos parafusos que usará no Drywall, Forro de Gesso Acartonado, etc.

  • Use parafusadeira própria para drywall, ela é projetada para que a cabeça do parafuso fique praticamente rente à face do drywall (cerca de 1 mm para dentro), sem danificar o papel cartão.

Aparafusar placas de Gesso

  • Locação dos parafusos:
    • Centro do parafuso a no mínimo 1 cm da borda da placa. Isso evita danos às bordas das placas.
    • Colocar parafusos a cada 25 ou 30 cm. Em paredes com chapa dupla, os parafusos da chapa interna podem ser espaçados em 60 cm.
    • Nos cantos das placas de drywall e onde houver encontro entre montante e guia, parafuse a 5 cm do final da chapa.
  • Emassamento na cabeça dos parafusos: Aplique espátula em duas “passadas em x”. O formato, do desenho feito pela massa na placa, comprova o serviço.
  1. Boas práticas para drywall:
  • As placas inferiores devem ficar 1 cm acima do nível do chão: Isso é obtido facilmente apoiando-se as placas sobre pedaços de gesso acartonado.
  • Loque as juntas nos montantes.
  • Intercale juntas:

Entre placas de gesso acartonado em lados opostos da parede.

Esquema Placas 01

Quando existe placa dupla, intercalar as placas do mesmo lado.

Esquema Placas 02

Se o drywall tiver montante duplo intercalar as placas de montante.

Esquema Placas 03

  • Evite juntas entre placas alinhadas com cantos de portas e janelas: Isso previne posteriores fissuras.

Acompanhe a execução do drywall em mais um vídeo:

 

Você tem alguma outra dica para compartilhar ?

O que achou da Blade Runner ? (Particularmente fiquei muito interessado, quero testá-la um dia)

Deixe seu comentário!

A gente usa suas opiniões para melhorar o conteúdo do nosso site.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.