Download!Download Point responsive WP Theme for FREE!

O que é Qualidade ? Conheça seus princípios e como aplicá-la na construção civil

qualidade-na-construcao-civil

Nesse artigo abordaremos de forma conceitual o que é qualidade e suas aplicações na construção civil. A necessidade de tratar o tema surgiu porque muitos engenheiros, que inclusive trabalham em empresas construtoras com sistemas de gestão da qualidade, não conhecem as origens e os princípios do que realmente é qualidade.

Se você gosta de trabalhar em obras ou escritórios de projetos que têm ou pretendem obter selo de certificação da qualidade (como ISO 9001 ou PBQP-H/SiAC) esse artigo é leitura obrigatória!

Antes de continuar reflite: o que você pensa sobre qualidade?

Guarde na sua memória e vamos comparar com o fim do artigo.

DE ONDE VEIO A FILOSOFIA DA QUALIDADE?

Muito antes de se falar em PBQP-H, ou mesmo nas normas da série ISO 9000, no Japão, na década de 50, surgiu um movimento de reconstrução do país, o qual estava destruído após a segunda guerra mundial.

Esse sentimento de nacionalismo, patriotismo e executar com excelência com muita disciplina criou a filosofia da Qualidade Total (Total Quality) nas indústrias. Nesse período, o conceito de qualidade se estendeu não só ao produto, mas ao processo. Sabemos que os carros japoneses são famosos pela sua qualidade, o que muitos não sabem é que essa reputação foi conquistada por conta de décadas adotando os princípios da qualidade total. Muitos consultores de várias nacionalidades estudaram os princípios japoneses e replicaram para organizações do mundo todo.

A Qualidade, então, tornou-se uma mentalidade incorporada nos processos e cultura das empresas, visando fornecer produtos ou serviços em conformidade com requisitos. Para isso, é preciso entender e detalhar as características do produto ou serviço para, então, executá-lo comparando com estes requisitos.

Quando uma empresa decide melhorar sua qualidade, ela pretende também atender, encantar e até superar as expectativas do cliente. Mas esse é um processo evolutivo e dinâmico, porque os desejos e anseios do público alvo sempre se alteram. Assim, a mentalidade da Qualidade precisa manter uma rotina que se retroalimente buscando melhorar sempre.

Ao longo do tempo, percebeu-se que mais qualidade não significava mais custo. Em muitos casos, a otimização e padronização de processos melhorou financeiramente o desempenho das companhias, e foi assim que a Qualidade ganhou o mundo.

Até aqui, você já aprendeu que:

  • Qualidade é produzir produtos ou prestar serviços em conformidade com requisitos;
  • Qualidade é atender, encantar e até superar as expectativas do cliente;
  • A qualidade se estende ao processo e não só ao produto;
  • Mais qualidade não significa mais custo.

OS “GURUS” DA QUALIDADE

Muitos daqueles consultores de qualidade que surgiram copiando a metodologia japonesa acabaram virando autores de livros e fizeram muito sucesso implantando sistemas de gestão da qualidade em muitas empresas de diversos setores.

Alguns dos mais famosos foram:

frases-willian-edwards-deming

frases-kaoru-ishikawa

frases-joseph-moses-juran

frases-philipe-crosby

Apesar de cada um ter seu estilo próprio e discípulos defensores, todos esses gurus possuem princípios em comum sobre temas como:

  • Liderança
    • Defendem que chefes precisam se tornar líderes
    • Mais princípios e menos preocupação com números
    • Comprometimento do time de gestão
  • Engajamento das equipes
    • Necessidade de treinamentos e conscientização
    • Estimular a conversa entre setores diferentes
    • Equipes de melhoria e auditorias internas da qualidade
    • Várias cabeças pensam melhor que uma
    • Criatividade coletiva
    • Aprendizado em grupo
  • Melhoria continua
    • Otimizar a qualidade e a produtividade
    • Economia de custos
    • Antecipar problemas antes de produzir
    • Inspeções durante o processo e não no estágio final
    • Uso de dados estatísticos
    • Padronização e sofisticação
    • Realizar corretamente a tarefa logo na primeira vez
  • Relacionamento com fornecedores
    • Relações de longo prazo
    • Sem disputas por preços
    • Escolha de materiais com critérios

O PDCA

É impossível se aprofundar no tema qualidade sem citar o PDCA. Ele é um método interativo de gestão em 4 passos que foi criado por Shewart na década de 20 e difundido por Deming na década de 50.

É um processo que se retroalimenta e se otimiza a cada ciclo. O principal objetivo é a melhoria contínua. Acompanhe as 4 etapas do PDCA:

ciclo-pdca

  • Plan – Planejar
    • Definir com clareza como será feita a execução
    • Treinamento dos envolvidos
    • Definir a meta, o plano e os recursos
  • Do – Executar
    • Por o plano em prática
    • Monitorar os problemas também
    • Ação imediata – atacar a causa raiz
  • Check – Verificar
    • Checar se há continuidade dos resultados
    • Identificação de problemas
  • Act – Agir
    • Determinar suas causas
    • Tomar ações corretivas
    • Aplicar as mudanças que incluem a melhoria do processo

E a ISO 9001, o que é ?

O termo “ISO” vem de “International Standard Organization”, um órgão internacional de padronização de normas. O número 9000 é a série de normas relacionadas aos Sistemas de Gestão da Qualidade (nela há a 9001 e 9004 porque as 9002 e 9003 foram extintas).

Em 1987, muitos estudiosos e membros do ISO ligados à temática da Qualidade resolveram estruturar esse documento com base no consenso e na experiência profissional desses profissionais de primeira linha.

A versão brasileira da norma internacional ISO 9000 é publicada pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. Aqui no Brasil, ela foi publicada em várias séries onde a  “ABNT ISO 9001 é a norma mais utilizada em certificações mais reconhecida pelos profissionais, porque define os requisitos para uma companhia ser certificada. Isso é, a ABNT ISO 9001 define quais os princípios e as exigências mínimas para implantar e manter um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) num setor ou na companhia inteira.

Os requisitos para um sistema de gestão da qualidade são divididos em 8 capítulos:

  1. Escopo
  2. Referência normativa
  3. Termos e definições
  4. Sistema de gestão da qualidade
  5. Responsabilidade da direção
  6. Gestão de recursos
  7. Realização do produto
  8. Medição, análise e melhoria

O INÍCIO DA APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DE QUALIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL BRASILEIRA

Até a década de 1980, quando se falava em “qualidade”, os engenheiros brasileiros pensavam que estávamos falando de “fazer teste em corpo de prova” ou coisas semelhantes. O conceito era limitado ao “atendimento aos requisitos”, e não em todos os princípios difundidos pelos gurus da qualidade.

programa-qualihab-cdhu

Pensando em aproveitar a organização e padronização que a implantação do sistema de gestão da qualidade proporciona, o Governo do Estado de São Paulo criou na década de 90 o QUALIHAB, um programa para estimular as empresas construtoras a adotar a metodologia segundo a ABNT ISO 9001 aplicada na construção civil. O QUALIHAB é aplicação da norma no segmento de construção de habitações populares do CDHU. Uma empresa ser qualificada significa que ela possui um sistema de gestão da qualidade nos moldes da norma internacional. O programa foi bastante questionado, uma vez que empresas não certificadas tentavam impugnar os editais que favoreciam empresas certificadas.

E O QUE É O PBQP-H ?

pbqp-h-siac

No âmbito nacional, e pouco tempo depois do QUALIHAB, o Ministério das Cidades juntamente com técnicos e entidades do setor organizaram o Sistema de Avaliação da Conformidade de Empresas de Serviços e Obras (SiAC) para estimular e padronizar a certificação das empresas nacionais ligadas à construção civil.

O SiAC foi criado no âmbito do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H), e você tem um conteúdo valioso disponível no site do Governo Federal:

http://pbqp-h.cidades.gov.br/

Nele é possivel ver os requisitos para se cadastrar no programa, o procedimento, as empresas certificadas, os órgãos participantes, entre outros dados.

Para consultar a ABNT ISO 9001, você precisa adquirir a mesma junto a ABNT. Mas o regimento do SiAC é 100% gratuito e o conteúdo é muito semelhante (você percebe até que os capítulos tem o mesmo nome!). A certificação do SiAC pelo PBQP-H nada mais é do que a aplicação da ISO 9000 no setor de construção e hoje mais de 1.000 construtoras são certificadas pelo programa.

QUALIDADE E COMPETITIVIDADE

Esperamos que seu conceito sobre Qualidade tenha expandido bastante em comparação com o que você pensava antes de ler este conteúdo. Deu para perceber que a adoção de um sistema de gestão da qualidade melhora não só os processos, mas as pessoas envolvidas. As pessoas mudam as empresas e os clientes, que mudam o setor e que mudam o país! Parece um pouco utópico, mas é o que tem acontecido.

Outro conceito que você precisa lembrar é que existem outros modelos de gestão da qualidade e que ISO 9000 é apenas o mais famoso deles. Temos o Qualidade Total japonês, o PNQ – prêmio nacional da qualidade, o SiAC.

A adoção de um sistema não é um “santo graal”, há diversas empresas mundialmente conhecidas e que são referência de qualidade mas não seguem nenhum desses padrões internacionais. Elas criaram suas próprias metodologias e mantém esse processo em sigilo.

5 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.