Download!Download Point responsive WP Theme for FREE!

Engenheiro no Evento: Feicon Batimat 2015

No dia 10 de março de 2015 foi aberta ao público a 21ª Feicon Batimat – Salão Internacional da Construção 2015 em São Paulo, a maior feira da construção da América Latina. Nós do Engenheiro no Canteiro estivemos no evento para mostrar novidades e o que achamos de interessante pra você que não foi ou que foi e quer relembrar os produtos e tendências.

Numa visão geral o evento está bastante amadurecido e profissionalizado, com stands muito bem montados, principalmente por grandes empresas. Além do tradicional show no chuveiro da Lorenzetti, o evento estava bem movimentado que nos fez esquecer da atual crise que o Brasil passa com dólar ultrapassando os R$ 3,20… Talvez por esse motivo o setor de produtos chineses estivesse mais tranquilo que os demais.

Não vimos nenhuma grande novidade que vai revolucionar o mercado, mas há bastante tecnologia interessante que começa a se destacar:

Construções em Steel FramePTH do Brasil

PTH do Brasil - Logo

PTH do Brasil - Steel Frame

Sempre nos interessamos pela tecnologia de steel frame. Essa empresa chinesa já tem fábrica em Curitiba e adapta seu projeto para a tecnologia. É uma construção rápida e seca. Os acabamentos ainda não passam a rigidez de uma parede de alvenaria, por isso infelizmente há o preconceito do brasileiro dificultando o uso residencial. Esperamos ver mais dessas no próximo ano.

Esquadrias de alumínio chinesas – ACG Doors & Windows

ACG Portas e Janelas Chinesas

Esquadrias chinesas que impressionam pela qualidade. Esse fabricante de portas e janelas estava na ala chinesa e nos impressionou quanto ao acabamentos das peças de alumínio. Janelas tinham vidro duplo para abafar o som e veneziana interna com controle total da luminosidade. Portas eram feitas para chineses baixinhos, pareciam ter 1,90. Fica o contato para quem se interessar, a fábrica possui ISO 9000 e se mostra profissional.

Painéis de fachada ventilada com tecnologia espanhola – Ulma Architectural

Ulma Construction

Vale a pena entrar no site e ver o acabamento final deste produto na fachada. A qualidade é um ponto forte e a empresa é responsável pelo material e instalação (custa em torno de R$ 600/m²).

Projetor de Argamassa – Baram Equipamentos

Baram - Projetor de Argamassa

Esse equipamento nos chamou atenção por ser pequeno. Promete facilitar o espalhamento do chapisco e da argamassa para reboco interno ou de fachada. O tamanho parece ser prático, mas o desempenho e produtividade deve melhorar em planos de aplicação extensos como paredes de obras industriais. Nunca utilizamos antes, mas deve valer uma tentativa.

Fechaduras Eletrônicas InteligentesG-Locks

G-Locks - Fechaduras inteligentes biometria

G-Locks---Fechaduras-com-bi

Este produto deve virar tendência no setor residencial de alto padrão. O uso de biometria (impressões digitais) já é presente em bancos e você já pode sacar dinheiro sem cartão. Por que não aposentar sua chave de casa ? A estética dos acabamentos (de dourado até couro) e a variedade de modelos é de muito bom gosto. Se a energia acabar, há espaço para colocar uma bateria ou abrir com chave mesmo. Preços variam de R$ 1.000 a R$ 4.000.

Batentes com guarnição ajustável

Batente-ajustavel

O uso de portas prontas está cada vez mais presente nos canteiros. Ao invés de ter que comprar contrata folha+batente+ferragens+guarnição+pintura, o mercado está gostando da solução da porta pronta colocada com espuma. Os batentes ajustáveis como na foto facilitam ajustes e não prejudicam o acabamento.

Instalações Hidráulicas com PEX

PEX Tecnologia tubulacoes

O uso de PEX ao invés da tubulação rígida ainda é um tabu no Brasil, especialmente fora de grandes regiões metropolitanas. Em São Paulo já é possível contar com essa tecnologia em prédios residenciais, principalmente naqueles que contam com paredes de gesso acartonado. Aqui fica nossas impressões sobre o sistema:

  • PEX é uma tendência mundial!
  • Ele é mais fino em relação ao PVC e não possui cotovelos, assim consegue manter pressão dinâmica adequada na extremidade final
  • Fácil manutenção: vazamentos ocorrem principalmente nas conexões, que são poucas e bem identificadas.
  • Fácil instalação: o PEX pode ser passado em tubos guia na laje ou contrapiso de forma semelhante à enfiação elétrica. Também é muito versátil para contornar obstáculos, como é possível ver nas fotos. Cuidados para não dobrá-lo exageradamente e obedecer o raio de curvatura mínimo evitam que o tubo feche.

A maior dificuldade em utilizar PEX no Brasil é com relação pouca mão-de-obra e na compra de materiais para reparo. Torcemos para que esse problema seja solucionado com a aposta na tecnologia pelos fabricantes.

Esperamos ter ajudado a conhecer um pouco mais do evento!

Até o ano que vem!

Disclaimer: Esse post é apenas informativo, infelizmente não estamos ganhando nada de nenhum fabricante. Apenas mostramos produtos interessantes que podem facilitar e melhorar a construção. Não garantimos e nem recomendamos os produtos. Entre em contato e tire suas conclusões diretamente com os expositores.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.